Crônicas

Toda quarta-feira, seis horas da manhã, tem um texto novo aqui pra você começar o dia :).
faz querer ficar e, pra sempre, voltar. Obrigada, Rio de Janeiro, por me devolver a mim depois de tudo. Obrigada por tanto. Rio, eu te amo! 
... me perguntei: quem precisa das minhas crônicas. Donde constatei, sem autopiedade alguma que a pessoa mais importante do meu universo – por mais que eu não a considere sempre – precisa das minhas crônicas. No caso, eu.